Ozônio no Tratamento de Piscinas

A escola Dani Natação, sempre visando melhorar a qualidade das aulas e o conforto dos nossos alunos, instala um novo e moderno sistema de tratamento de água de piscina através da Ozônização. Diminuindo assim, a presença de altos níveis de cloro residual na água. Entenda porquê:

O Ozônio é um gás altamente reativo, composto por três átomos de oxigênio (O3) , que oxida instantaneamente a matéria orgânica. Quando o ozônio encontra outro composto, um átomo de oxigênio se solta e se une quimicamente, oxidando-o e novamente se transformando em oxigênio.

O ozônio é 3.120 vezes mais rápido, 20 vezes mais eficiente e 100 vezes mais solúvel que o cloro. Por isso, é considerado o mais potente oxidante, comercialmente viável, para a purificação da água.

A “ozonização” se baseia num sistema elétrico que purifica a água transformando o oxigênio do ar em ozônio, que, por sua vez, age oxidando as impurezas.

Por meio de descargas elétricas, uma máquina separa o ozônio do ar. Depois, a substância é aplicada na tubulação da piscina, conferindo leveza à água.

Principais Características do Ozônio

O Ozônio vem sendo usado atualmente como a mais moderna tecnologia para tratamento em piscinas na Europa, Estados Unidos, Canadá, em muitas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e agora também em Florianópolis na Dani Natação.

Voltar